• 10set

    Você muitas vezes pode não estar familiarizado com o termo “rotavirus” ou “gastroenterite por rotavirus”, talvez você tenha conhecido crianças que já tenham experimentado essa enfermidade potencial e altamente contagiosa. A gastroenterite por rota vírus é muito imprevisível e não existe uma forma correta para avaliarmos qual das crianças infectadas apresentará um caso severo.

    O rotavirus infecta com maior freqüência, bebês de 0 a 12 meses e crianças até os 7 anos de idade. Quase todas as crianças são infectadas com rotavirus nos primeiros anos de sua vida. Segundo dados estatísticos a maioria das crianças em todo mundo se infectam aos 5 anos de idade.

    O termo rotavirose é usado para referir-se à doença ou a infecção caracterizada por diarréia aguda e que resulta em até 900 mil mortes por ano em todo o mundo. Nos seres humanos é causada pelos rotavirus A, B e C. Esta doença afeta também a adultos, no entanto com menor grau de preocupação e costuma apresentar somente sintomas moderados. Em pacientes anoréxicos deve ter maior preocupação devido à desidratação que pode causar; contudo a preocupação maior fica destinada aos idosos que são neste caso tão vulneráveis a doença quanto as crianças.

    SINTOMAS DA DOENÇA

    A diarréia aguda é um dos sintomas principais da doença. O termo diarréia aguda se caracteriza pelo número de evacuações que chegam até 20 por dia, em que as fezes se apresentam com pouca consistência ou até mesmo liquidas. Em alguns casos pode ocorrer presença de muco ou sangue.

    Outros sintomas também podem aparecer como vomito, febre alta e dores abdominais.

    O intervalo entre a contaminação e o aparecimento da doença varia de um a três dias.

    Métodos de prevenção

    • Lavar e cozinhar bem os alimentos.
    • Lavar as mãos constantemente e principalmente depois de evacuar.
    • Cuidar o contato de crianças principalmente por via oral com objetos sujos.
    • Tomar sempre água potável (tratada).
    • Para bebês menores de 6 meses a amamentação é muito importante, porque a mãe passa através do leite uma carga significativa de células de defesa para seu bebê ajudando o sistema imunitário dele que ainda é frágil.
    • Administrar a vacina contra rotavirus em crianças menores de 6 meses, também é muito importante.

    Tratamento

    Primeiramente é importante dizer que cada caso pode se apresentar de diferentes formas e muitas vezes ter complicações adversas dependendo do nível nutricional de cada paciente, principalmente referindo-se a crianças e idosos ou como já mencionei anteriormente pacientes com anorexia. Por isso é sempre importante a orientação e o acompanhamento de um profissional médico.

    “A automedicação tanto para este como para qualquer outro caso sempre deve ser evitada.”

    O tratamento inclui também o aumento do consumo de líquidos (água, chás, sucos, água de coco e soro caseiro), com o objetivo de evitar a desidratação e as complicações decorrentes do agravamento do quadro. Os casos mais graves exigem internação hospitalar, daí a importância de procurar o serviço de saúde antes de um possível agravamento da doença.

    Qualquer dúvida que tiver lembre-se: Procure sempre seu Médico, ele é sempre o melhor amigo com quem você pode contar e confiar nessas horas.

    Uma boa semana para todos!

Deixe um Comentário

Atenção: O filtro de moderação está ativado. Pode ser que seu comentário demore para ser aceito. Isso somente acontecerá quando o Administrador do Blog aceitar ou recusar seu comentário. Portanto, não há necessidade de reenviar o seu comentário, apenas aguarde a publicação pelo Administrador do Blog.

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.